Google News - Top Stories

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

FIA Formula E Championship - Um novo Campeonato FIA em 2014

O piloto brasileiro Lucas Di Grassi, que em Novembro último havia testado e aprovado o desempenho do carro elétrico de corrida construído pela Renault para a categoria de Fórmula E (Fórmula de Veículos Elétricos) da FIA, agora está confirmando a sua participação na temporada de estreia, em 2014, desta nova categoria de campeonato.

Veja no linque a seguir o vídeo do teste do carro e repare, ainda, no som do novo bólido (se Deus permitir, um som muito próximo deste, só que de volume um pouco mais baixo, será o que deveremos acostumar a ouvir nas ruas, daqui para a frente):


Esta semana Lucas Di Grassi teve a honra de pilotar o carro da Renault em sua apresentação de lançamento. O primeiro carro que vai disputar a Fórmula E, categoria de monopostos elétricos que terá sua temporada de estreia agora, em 2014, foi apresentado na noite da última segunda-feira, em Las Vegas, EUA.

O carro Spark-Renault SRT-01E é capaz de desenvolver uma velocidade de até 225 km/h. Todavia, o carro ainda poderá ser melhorado até a estréia pois, a temporada da Fórmula E está programada para começar apenas em setembro de 2014, na China.




No total, serão dez corridas marcadas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Uma delas será disputada no Rio de Janeiro, no próximo dia 15 de novembro.

Infelizmente, parece que não será mais (e eu ainda não consegui encontrar nenhuma reportagem sobre o porque não), o calendário foi reajustado, com maior intervalo entre as etapas, e o Rio de Janeiro - Brasil, infelizmente, perdeu a primazia para Punta del Leste - Uruguai, como posição no calendário original, enquanto a 5ª etapa (que era para ser a da Argentina, mas que passou para a 4ª ertapa) passou a constar como TBA = To Be Announced (ainda a ser definida). Com isso, apenas 9 localidades aparecem no mapa do calendário da FIA Formula E. Vamos torcer para que o Brasil volte ao circulo, em 14 de Fevereiro de 2015).

2014/2015 Calendário e Mapa
"É um sentimento diferente de qualquer outro. Você tem que ser mais preciso, mas é mais eficiente", disse Di Grassi, após o lançamento do carro.

"A Fórmula E é o futuro do automóvel, penso que isto mudará a percepção que se tem dos carros elétricos", disse Paul Jacobs, chefe executivo da empresa de telecomunicações que produz os chipsets de telefones celulares Qualcomm, uma das patrocinadoras da categoria Fórmula E da FIA.

O chefe da Fórmula E, Alejandro Agag, disse que espera da nova categoria uma mudança nos carros elétricos e sua imagem junto ao público e empresas. "Os automóveis elétricos são percebidos como lentos. Buscamos que mais consumidores tenham um carro elétrico", disse.

Conheça aqui o site dessa nova categoria de automobilismo esportivo, a Fórmula E:



FIA Formula E Championship - Um novo Campeonato FIA em 2014:


A Fórmula E é um novo campeonato da FIA, com carros do tipo "Fórmula", movidos exclusivamente a energia elétrica. Ela representa uma visão para o futuro da indústria automóvel ao longo das próximas décadas.

O FEH (Formula E Holdings), que é o novo promotor, tem como empresário com sede em Londres o investidor âncora Enrique Bañuelos, e como CEO e acionista, o empresário, ex-político deputado do parlamento europeu e atual proprietário da equipe de corrida GP3 Addax, Alejandro Agag, que tem uma longa experiência no negócio de esporte a motor. Também associados ao projeto estão Lord Drayson, sócio-gerente da Drayson Racing Technologies, e Eric Barbaroux, presidente da empresa ​​automotiva elétrica francesa "Fórmula Elétrica".

As corridas de demonstração dos carros de Fórmula E tiveram início em 2013, e agora será seguida pelo campeonato, em 2014, com um objetivo inicial de 10 equipes e 20 pilotos participando da competição. As corridas serão idealmente encenadas no coração das principais cidades do mundo (não em autódromos), em torno de seus principais marcos históricos.

Especificações:

  • Haverá 10 equipes - 20 pilotos - 40 carros;
  • Cada equipe irá incluir dois pilotos e 4 carros;
  • A e- Prix será realizada em 10 cidades em todo o mundo;
  • Pistas deverão ser nas cidades: com 2,5 a 3 km de comprimento;
  • Os carros irão acelerar de 0 a 100 km / h em 3 segundos, com uma velocidade máxima de 220 ​​km/h;
  • Os níveis de decibéis de ruído: carro elétrico comum = 70dB ; Fórmula E = 80dB ; ônibus elétrico = 90dB.

A Corrida:

  • De manhã cedo: sessão de treinos livres, seguida pela qualificação;
  • Final da manhã: 1 volta de tempo de qualificação de cada piloto com ambos os carros A e B;
  • Tarde: uma pausa de 2 horas para recarregar os carros;
  • Noite: corrida final com três passagens e dois pit stops;
  • O pit stop vai envolver uma mudança de carro: quando a bateria se esgota, o motorista vai fazer um pit stop, então vai correr 100 metros para subir em um carro recarregado.

Logotipo:





Temporada:


A temporada de Fórmula E inaugural será disputada ao longo de 10 rodadas, a partir de 13 de setembro de 2014 (Pequin, China) e terminando em 27 junho de 2015 (Londres, Inglaterra). O Brasil abrigará a prova da terceira rodada, em dia de feriado nacional, 15 de Novembro de 2014, no Rio de Janeiro. (PERDEMOS MAIS UMA!?!).

Em compensação, o Brasil encaixou mais um piloto (o terceiro) na Formula E:  Nelson Piquet, Jr, pela equipe China Racing.

Veja Também:


Pilotos e Equipes Inscritos Para a Temporada 2014/2015 da Fórmula E da FIA



Licença Creative Commons
Este trabalho de André Luis Lenz, foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada.